Portugal entra no grupo dos países europeus “fortemente inovadores”

Desempenho de Portugal na área da Inovação merece destaque no relatório European Innovation Scoreboard, divulgado esta terça-feira. Comissária acredita que a “União Europeia pós-covid-19 será mais forte e unida do que nunca”.

comissao-europeia,empresas,inovacao,ciencia,uniao-europeia,europa,
Foto
Sala limpa do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, em Braga Paulo Pimenta

Portugal passou do grupo de países moderadamente inovadores para o grupo dos “inovadores fortes”, revela o relatório European Innovation Scoreboard (EIS) divulgado esta terça-feira. A avaliação de 27 indicadores coloca o país numa posição de destaque no relatório com a “promoção” que resulta do desempenho na área da inovação. Mas nem tudo são boas notícias, há alguns indicadores onde o país ainda se encontra abaixo da média europeia. Numa perspectiva mais ambiciosa, para chegar ao pelotão da frente falta, por exemplo, reforçar a aposta das empresas e das parcerias entre o sector público e o privado na investigação e desenvolvimento (I&D).