Refugiados. “Não devemos deixar que a crise alimente os parasitas que querem aproveitar os nossos medos”

“Compete aos partidos políticos defender os princípios da nossa Constituição e a visão que temos de uma sociedade onde cabem todos”, diz André Costa Jorge, coordenador da Plataforma de Apoio aos Refugiados. Este sábado é Dia do Refugiado.

acnur,questoes-sociais,refugiados,emigracao,entrevista,sociedade,
Foto
André Costa Jorge é o director do Serviço Jesuíta para os Refugiados, sediado em Lisboa, e coordenador da PAR Daniel Rocha

Em 2015, a entrada de refugiados vindos do Médio Oriente e de África atingiu números elevadíssimos. Uma série de conflitos em países em desenvolvimento, especialmente na Síria, e o crescimento do Estado Islâmico, intensificaram o desespero destas pessoas. Ao longo destes últimos cinco anos, procuraram chegar à Europa quase dois milhões de refugiados, segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), muitas vezes arriscando a vida para atravessar o mar Mediterrâneo.