Travel Tomorrow: novo site quer ajudar a viajar em segurança

Plataforma é lançada no dia 16 de Junho e terá informações das medidas aplicadas em cada país para os seus visitantes.

Foto
daniel rocha

Como e para onde viajar em segurança em tempos de pandemia? Que normas existem em cada país para os visitantes? Par responder a estas e outras perguntas é lançado no dia 16 o site Travel Tomorrow, dirigido pelo português António Buscardini.

Sediado em Bruxelas, o projecto pretende dedicar-se a experiências de viagens, realçando o futuro do turismo sustentável, “mantendo o foco na competitividade do sector e no impacto da covid19 na indústria de turismo”, segundo um comunicado divulgado esta sexta-feira.

O site quer também ser um local para dar voz a todos os interessados na indústria do turismo, sejam operadores turísticos, hotéis ou museus. 

Segundo a Organização Mundial do Turismo, 72% dos destinos fechou completamente as suas fronteiras internacionais para evitar a propagação da pandemia. No final de Abril, cerca de quatro meses depois de terem sido relatados os primeiros casos de covid-19, não havia nenhum país que não tivesse restrições à entrada de visitantes estrangeiros.

De acordo com a estimativa desta organização, esta crise provocada pelo novo coronavírus pode levar a uma queda do sector do turismo de 60% a 80% este ano, arrastando companhias aéreas, hotéis e restaurantes para a bancarrota.

“A sustentabilidade é fundamental para o turismo de amanhã. A conservação da biodiversidade, o respeito pela autenticidade sociocultural das comunidades, a garantia do bem-estar social e segurança económica dos países acolhedores com o uso sustentável dos recursos ambientais precisam de fazer parte dos pilares do novo modelo de turismo”, diz António Buscardini.

Neste sentido, o novo site diz que pretende “proporcionar conteúdo actualizado sobre medidas e recomendações dos governos nacionais e locais, novos conselhos sobre saúde e viagens e outras informações relevantes sobre turismo”.

“Queremos ajudar o sector e inspirar viajantes, mas também aplicar as lições que a pandemia trouxe. Na prática, a promoção de um turismo com consciência sustentável requer tanto atitudes simples dos viajantes quanto políticas públicas dos governos e acções por parte das empresas”, acrescenta o comunicado.

O site estará acessível em traveltomorrow.eu e tem página no Facebok aqui.