Word Padel Tour regressa a 28 de Junho

Mais de três meses depois de se ter realizado em Marbella o torneio inaugural da época, a Madrid Arena vai receber o retomar do circuito profissional.

Ana Catarina Nogueira em acção no WPT
Foto
Ana Catarina Nogueira em acção no WPT WPT

Para já, só foram anunciadas as datas de duas etapas, mas 112 dias depois de se disputar a final do Marbella Master, a etapa inaugural ao World Padel Tour (WPT) 2020, o circuito profissional de padel será retomado a partir de 28 de Junho, em Madrid. A capital espanhola será palco de duas provas consecutivas, ambas disputadas à porta fechada.

O calendário completo ainda não foi revelado, mas o WPT revelou que o regresso da principal competição de padel internacional acontecerá já no final deste mês. Depois de a competição ter sido interrompida devido à pandemia da covid-19, o retomar do circuito será no Madrid Arena.

O pavilhão multiusos na capital espanhola, que terá cinco campos disponíveis para a prova, receberá a segunda etapa do WPT 2020 entre 28 de Junho e 5 de Julho, sendo que o torneio seguinte será disputado no mesmo palco, com início uma semana depois da final da segunda etapa: entre 12 e 19 de Julho.

Embora o WPT não teve ainda revelado pormenores sobre como será construído o mapa da competição até ao final do ano, o mais provável é que o WPT este ano não contemple torneios disputados na América do Sul e América Central.

No primeiro torneio do WPT 2020, disputado entre 28 de Fevereiro e 8 de Março em Marbella, a participação portuguesa ficou limitada ao quadro feminino, onde Sofia Araújo foi derrotada nos 16-avos-de-final por Marta Marreno e Paula Josemaria, a nova dupla espanhola que acabou por vencer a prova.

Já Ana Catarina Nogueira, actual n.º 9 do ranking mundial, que voltou a formar par com a argentina Delfina Brea, venceu com facilidade a partida dos “16-avos” contra a francesa Alix Collombon e a espanhola Nicole Traviesa Mola (6-2 e 6-1), ultrapassado de seguida as espanholas Sandra Hernández e Tamara Icardo, com os parciais de 6-4 e 7-6 (7-5).

No entanto, um problema abdominal de Delfina Brea impediu a dupla luso-argentina de defrontar nos quartos-de-final Lucía Sainz e Gemma Triay.

Sugerir correcção