Com menos votos do que em 2016, Trump mantém a reeleição ao seu alcance

Há quatro anos, o candidato do Partido Republicano ganhou a eleição com menos quase três milhões de votos do que a sua adversária, Hillary Clinton. As sondagens indicam que o fosso vai crescer ainda mais, mas isso não garante a vitória de Joe Biden.

Donald Trump surge nas sondagens mais recentes dez pontos atrás de Joe Biden
Foto
Donald Trump surge nas sondagens mais recentes dez pontos atrás de Joe Biden Reuters/TOM BRENNER

A cinco meses das eleições presidenciais norte-americanas mais divisoras das últimas décadas, e num ano já marcado por um processo de impeachment, uma pandemia e protestos nas ruas como não se via desde 1968, o Presidente Donald Trump tem vindo a perder apoio em grupos de eleitores que foram essenciais para a sua vitória em 2016. As sondagens dos últimos dias são claras sobre o momento actual: Joe Biden, o candidato do Partido Democrata, tem hoje vários caminhos possíveis à sua frente para chegar à Casa Branca. Mas isso pode não ser suficiente.