Reportagem

Os museus festejaram o desconfinamento, mas vem aí um Verão “atípico”

Dois grupos “especiais” que passaram os últimos meses na linha da frente do combate à pandemia puderam visitar o criptopórtico do Museu Nacional Machado de Castro. Em Serralves, adultos e crianças procuraram sobretudo o sol. No Museu Nacional de Arte Antiga, todos os caminhos foram dar aos Painéis de São Vicente. O “novo normal” chegou esta segunda-feira aos museus e monumentos do país e não houve enchentes, mas também não faltaram visitantes.

,Museu de Arte
Fotogaleria
O Museu Nacional Machado de Castro reabriu as suas portas para dois grupos escolhidos a dedo Adriano Miranda
Fotogaleria
Polícias, bombeiros, médicos, trabalhadores dos transportes, farmacêuticos, entre outros, foram os visitantes deste "primeiro dia" do Machado de Castro Adriano Miranda
Fotogaleria
Os museus estão também obrigados a limitar as suas lotações Adriano Miranda
Fotogaleria
Em Serralves, o parque foi dos lugares mais procurados Paulo Pimenta
Fotogaleria
Visitantes no Museu Nacional de Arte Antiga, esta manhã Daniel Rocha
Comunicação
Fotogaleria
A ministra da Cultura, Graça Fonseca, assistiu ao arranque do restauro dos Painéis de São Vicente de manhã... Daniel Rocha
Oculos escuros
Fotogaleria
... e participou à tarde na inauguração de uma exposição de Lourdes Castro em Serralves Paulo Pimenta
Comunicação
Fotogaleria
Graça Fonseca esta tarde em Serralves Paulo Pimenta
Fotogaleria
Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, em silêncio Nuno Ferreira Santos
,Exibição de arte
Fotogaleria
A exposição Obras Inéditas, do britânico Julian Opie, que finalmente pôde abrir ao público no Museu Berardo Nuno Ferreira Santos
Fotogaleria
Visitantes esta segunda-feira no Museu Berardo, em Lisboa Nuno Ferreira Santos

“Aguarde aqui a sua vez. Stay here”. A mensagem repete-se a cada dois metros, acompanhando as várias fitas coladas no pavimento que é preciso percorrer até chegar à recepção do Museu Nacional Machado de Castro (MNMC), em Coimbra. Encerrado há pouco mais de dois meses, desde 14 de Março, reabriu esta segunda-feira, Dia Internacional dos Museus – a data escolhida pelo Governo para o desconfinamento de museus, monumentos, palácios, galerias de arte e salas de exposições –, exclusivamente para receber dois grupos de dez pessoas escolhidas a dedo: profissionais que passaram os últimos tempos “na linha da frente da luta contra a pandemia”, explicou a directora do museu, Ana Alcoforado. Polícias, bombeiros, médicos, trabalhadores dos transportes, farmacêuticos, entre outros, foram os visitantes deste primeiro dia do MNMC, devidamente reconfigurado de acordo com as regras do “novo normal”.