Covid-19: Qatar Airways oferece 100 mil bilhetes a profissionais de saúde, Portugal incluído

A companhia aérea aproveita o Dia Internacional dos Enfermeiros para anunciar oferta para “prossionais de saúde na linha da frente”: é “um enorme ‘Obrigado’ a estes heróis”. As viagens podem ser gozadas até quase ao final do ano e só não estão incluídas as taxas de aeroporto.

,Viagem aérea
Foto
Os bilhetes têm de ser reservados até 26 de Novembro Reuters/NASEEM ZEITOON

A marcar o Dia Internacional dos Enfermeiros, que se assinala a 12 de Maio, a companhia aérea Qatar Airways anunciou oficialmente a oferta de “100 mil bilhetes para profissionais de saúde na linha da frente​” do combate à covid-19. Segundo a empresa, os bilhetes são de ida e volta em classe económica e “serão completamente flexíveis para datas e destinos”. As “profissões elegíveis” são médicos, enfermeiros, paramédicos, técnicos de laboratório e investigadores clínicos.

Uma “forma de agradecimento pelo trabalho heróico a cuidar de pessoas durante a pandemia”, lê-se no documento da empresa.

A oferta, adiantam, entrou em vigor esta segunda à noite para Lisboa e termina às 21h59 (também de Lisboa) do dia 18.

Os profissionais de saúde poderão candidatar-se à oferta através do site da companhia, recebendo por esse meio um “código de promoção único, oferecido por ordem de chegada”.

Após a recepção do código, poderão reservar “até 2 bilhetes de oferta” em quaisquer voos da empresa, para o profissional e “um acompanhante”.

Os bilhetes têm de ser reservados até 26 de Novembro, com “validade de viagem até 10 Dezembro de 2020”.

Segundo informa a Qatar, os bilhetes serão “completamente flexíveis, com um número ilimitado de mudanças de destino ou datas sem quaisquer custos”. Já quanto a custos: “tarifa e sobretaxas estão cobertas, apenas taxas de aeroporto são cobradas”.

A campanha está aberta a profissionais de saúde de todo o mundo. A empresa só não especifica quantos existem para cada país. Referindo que, “para certificar que o processo de candidatura é justo e transparente”, informam, “cada país recebe uma quota de bilhetes dependendo do tamanho da população”. “Adicionalmente, a Qatar Airways vai escalar as candidaturas, com a alocação de cada país a ser distribuída por sete dias”.

Segundo informação do departamento de comunicação da companhia, “existe um limite diário de bilhetes a atribuir, que uma vez atingido bloqueia o sistema. Todos os dias às 00h01 de Doha (22h01 em Portugal) é feito um reset e volta a estar disponível um novo lote de bilhetes para o novo dia”.

O formulário de candidatura e as normas da oferta estão aqui.

Um extra: a companhia oferece também a cada um "voucher de 35% de desconto para usar nos outlets Qatar Duty Free” do Aeroporto Internacional de Hamad em Doha.

“Agora é a nossa vez de dar algo aos profissionais de saúde na linha da frente. Não há palavras ou gestos que sejam suficientes para recompensar estes incríveis homens e mulheres mas esperamos que a nossa pequena oferta com voo ida e volta na Qatar Airways lhes permita aproveitar umas bem merecidas férias, visitar família ou amigos ou explorar um destino que sempre sonharam, à medida que as restrições começam a diminuir”, diz Akbar Al Baker, que dirige o Qatar Airways Group, citado em comunicado.