Ainda pode ver a última super-Lua de 2020

Um pouco antes das 21h (dependendo do sítio do país) poderá apreciar uma super-Lua.

,NASA
Foto
Super-Lua vista do Egipto em 2012 Abdallah Dalsh/Reuters

Esta quinta-feira ocorre a última super-Lua de 2020. Já na noite de quarta-feira a Lua estava maior e mais brilhante do que o habitual, mas o instante da fase de Lua cheia ocorreu esta manhã. Portanto, só esta noite se poderá dizer que estamos perante uma super-Lua. A melhor ocasião para a ver será um pouco antes das 21h, dependendo do ponto do país onde se encontrar.

O fenómeno de super-Lua resulta da ocorrência simultânea da fase de Lua cheia e da presença da Lua no perigeu (o ponto da órbita em que o satélite natural se encontra mais próximo da Terra).

Ora, nesta super-Lua, o instante da presença da Lua no perigeu ocorreu a 6 de Maio às 03h02 (hora de Lisboa), quando a Lua estava a uma distância de aproximadamente 359.653 quilómetros da Terra (a distância média é de 384.400 quilómetros). Já o instante da fase de Lua cheia aconteceu esta quinta-feira às 11h45. “Nesta super-Lua de Maio, estes dois instantes, o do perigeu e o da Lua cheia, estão desfasados em 32 horas e 43 minutos”, refere o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL). Portanto, embora na noite de quarta-feira a Lua tenha parecido mais brilhante e maior, só esta quinta-feira estamos mesmo perante a super-Lua.

De acordo com o OAL, a melhor ocasião para se observar esta super-Lua é às 20h50 em Lisboa, às 20h53 no Porto, às 20h50 em Coimbra, às 21h11 no Funchal e às 20h58 em Ponta Delgada.

Esta é a terceira e a última super-Lua de 2020 – as outras ocorreram a 9 de Março e a 8 de Abril.

Sugerir correcção