Covid-19: neste restaurante holandês, o jantar é servido numa cabine de vidro

Um restaurante holandês está a testar um novo conceito para servir refeições em tempo de desconfinamento: casulos de vidro com vista para os canais de Amesterdão.

Restaurante
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
,Restaurante
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Restaurante
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Restaurante
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
,Restaurante
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Restaurante
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
,Coronavírus
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Amsterdam
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Restaurante
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Restaurante
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Restaurante
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Restaurante
Fotogaleria
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier

Chamam-lhe “Serre Séparées”, algo como “estufas separadas”, e assim em francês porque, dizem, soa melhor. São pequenas cabines de vidro, com mesa ao centro e lugar para duas ou três pessoas, colocadas lá fora, com vista para os canais de Amesterdão. Não falta sequer a luz das velas para dar elegância – e romantismo – ao cenário.

Foi esta a solução encontrada pelo restaurante ETEN, integrado no centro de artes Mediamatic, na capital holandesa, para abrir portas em tempo de desconfinamento e fazer face ao receio de contágio do novo coronavírus por parte dos clientes, cumprindo a exigência de algum distanciamento social.

A ideia é que os empregados de mesa se apresentem de luvas e viseiras transparentes sobre o rosto e entreguem os pratos sobre uma prancha longa de madeira, para garantir o mínimo contacto físico com os clientes.

“É super aconchegante, é realmente aconchegante, é agradável e a comida é deliciosa”, diz à agência Reuters Janita Vermeulen, convidada para um jantar de teste com a colega de quarto. Para já, o conceito está a ser testado apenas com familiares e amigos da equipa do restaurante mas já é possível fazer reservas através do site ​do restaurante vegano.

PÚBLICO - A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas  “Serre Séparées”
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
PÚBLICO - A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas  “Serre Séparées”
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
PÚBLICO - A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas  “Serre Séparées”
A testar o conceito enquanto não pode reabrir portas, o ETEN já está a aceitar reservas para as suas “Serre Séparées” REUTERS/Eva Plevier
Fotogaleria
REUTERS/Eva Plevier

“Estamos neste momento a aprender como fazer a limpeza, como fazer o serviço, como retirar os pratos vazios de uma forma elegante, para que o cliente se sinta bem cuidado”, enumera Willem Velthoven, da Mediamatic.

Os restaurantes holandeses vão manter-se fechados ao público até, pelo menos, 19 de Maio, embora estejam autorizados a funcionar com serviços de entrega ao domicílio e take-away.

De acordo com a associação de restaurantes holandesa KNH, mesmo que os restaurantes possam reabrir com capacidade limitada e medidas de segurança reforçadas, muitos espaços enfrentam a possibilidade de terem de encerrar definitivamente, caso as regras de distanciamento social se mantenham.

É esperado que o governo holandês apresente ainda esta quarta-feira um guião de desconfinamento, com o calendário e as novas regras a serem cumpridas à medida que forem diminuindo as restrições.

Sugerir correcção