Torne-se perito Opinião

Um New Deal para a Europa

A Europa pós-coronavírus vai precisar que esse plano não esgote na excecionalidade da crise e corresponda a um novo acordo intra-europeu.

A Europa foi sempre uma construção política e construiu-se, sempre, sobre crises. Desde o princípio da construção europeia, a Europa viu em cada crise uma oportunidade e, historicamente, nunca as perdeu. De cada crise, saiu, sempre, mais forte e mais unida. Isto é, conseguiu, sempre, um novo acordo político, o que significou mais integração europeia. Tudo isto mudou na última década. Primeiro, a crise do Euro, depois, a crise dos refugiados, foram oportunidades perdidas para a Europa. Não conseguiu um acordo político e saiu mais fraca e mais dividida. Está hoje confrontada com outra crise maior. Será esta uma terceira oportunidade perdida que põe em causa o futuro da Europa? Ou, pelo contrário, um momento de refundação que faz avançar a integração europeia? Eis o desafio que tem pela frente: que Europa sairá da crise do coronavírus? Tudo vai depender da forma como a União Europeia for capaz de conduzir a resposta à crise e, em particular, a reconstrução económica.