Futebol preocupado com danos reputacionais do layoff

Sindicato dos Jogadores considera medida “oportunista” e “vergonhosa” para o futebol português e vai alertar os grupos parlamentares. Belenenses SAD já formalizou o processo, enquanto Sp. Braga chegou a entendimento com o plantel para cativação parcial dos salários.

,Primeira Liga
Foto
O Belenenses SAD, presidido por Rui Pedro Soares, foi o primeiro a formalizar o pedido de 'layoff' LUSA/MANUEL ARAÚJO

A iniciativa não envolve os três “grandes” do futebol nacional (FC Porto, Benfica ou Sporting), mas alguns clubes da I e II Ligas já decidiram avançar com processos de layoff, abrangendo parte dos seus jogadores profissionais. O Belenenses SAD foi o primeiro a formalizar o processo junto do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSS). Uma medida criticada veementemente pelo Sindicato dos Jogadores, que qualifica a atitude de “oportunista” e pede para não serem tomadas medidas “que envergonhem o futebol”.