Fechado em casa, Elisha correu uma maratona na varanda: 42 km dedicados ao pessoal médico

A maratona caseira de Elisha, fechado em casa em isolamento por causa do coronavírus: seis horas, 29 minutos, 20 segundos.

Foto
Elisha Nochomovitz faz o registo na Strava.

Não há limites para o que se pode fazer em casa durante o isolamento a que estamos votados por estes dias. E a seguir aos coros às janelas, o desporto em casa, até de varanda, está a ganhar adeptos.

Elisha Nochomovitz, um maratonista de 32 anos que vive em Balma, perto de Toulouse, França, não deixou que a ordem para ficar em casa lhe interrompesse os treinos e correu a maratona (42,195 km) na sua varanda. Foram, mostrou, três mil voltinhas...

Sim, leu bem. Elisha correu na varanda os mais de 42 quilómetros e demorou seis horas e 48 minutos a fazê-los, quase o dobro do seu melhor tempo. Registou tudo (na app Strava para corredores e ciclistas) e publicou. Mas para este atleta, que tem na corrida um dos seus maiores prazeres, a ideia não era bater recordes e sim homenagear o pessoal médico que está a lidar com a pandemia.

“Acabei de correr quase 7h na minha varanda de 7m de cumprimento por 1 metro de largura”, escreveu num post. “A melhor maneira de não me ir abaixo é praticar desporto”, diz, sublinhando: “pense em todos os cuidadores que estão na frente da batalha contra esse vírus”.

Numa entrevista à rádio francófona RTL explicou que contou com a ajuda da namorada, que lhe dava água e barras de cereais, “foi perfeito”. À CNN também acrescentou outros “revitalizantes": M&M's e Coca-Cola (fica o habitual alerta televisivo: não repita isto em excesso em casa...). 

Para Elisha, que já entrou em 36 maratonas, esta foi a corrida que considerou mais desafiante. Nada que concorra, claro, com as ruas de Barcelona, onde deveria participar numa maratona a 14 de Março, caso a prova não tivesse sido cancelada.

O feito catapultou Elisha, que está em isolamento desde que o restaurante onde trabalha encerrou por causa da pandemia, para as bocas do mundo e páginas de jornais. 

O próximo atleta que está a #FicarEmCasa que dê um passo em frente... 

Sugerir correcção