O covid-19 destapou a panela de pressão nas cadeias italianas

Na semana passada uma série de motins em várias prisões italianas provocaram pelo menos 13 mortos. O surto de covid-19 trouxe para a ribalta um problema que já era explosivo.

Foto
Motim na prisão de San Vittore, Milão MATTEO CORNER/EPA

Nos dias em que Itália está concentrada na luta contra o novo coronavírus, com números alarmantes de vítimas mortais em hospitais de todo o país, as prisões são o lugar onde se regista também um pico anómalo de mortos. Segundo dados oficiais, foram 13 os detidos que morreram durante os motins desencadeados em 27 estabelecimentos prisionais italianos na última terça-feira.