No desporto, o que ainda não tinha sido cancelado já foi. E já nem a excepção existe

Afectados não apenas eventos com início iminente, mas também algumas competições que só se realizariam daqui a algum tempo. Só a jornada da Bundesliga se mantém, por enquanto.

Foto
A próxima jornada da Liga Europa foi adiada LISI NIESNER/Reuters

O desporto já tinha travado a fundo por causa do novo coronavírus, com vários eventos e competições a serem canceladas ou adiadas por todo o mundo. Os jogos de futebol em Portugal foram apenas um desses casos, seguindo o exemplo do que já tinha sido decidido em Itália ou Espanha. Mas, nesta sexta-feira, o que ainda não tinha sido suspenso passou a estar.

No futebol, as decisões mais recentes prendem-se com a próxima jornada das competições europeias. Os jogos da próxima semana da Liga dos Campeões e da Liga Europa foram cancelados, sem data marcada para serem feitos.

Nos campeonatos nacionais, a jornada do fim-de-semana da Liga inglesa foi suspensa. Todas as competições de futebol profissional em Inglaterra ficam interrompidas até 3 de Abril. Para esta decisão contribuíram decisivamente os casos positivos de Callum Hudson-Odoi, jogador do Chelsea, e do treinador do Arsenal, Mikel Arteta.

Em França, os campeonatos da primeira e segundas divisões “param até nova ordem”, depois de se entender que jogar à porta fechada não seria suficiente, face à inquietude de treinadores e jogadores.

“Como explicou ontem [quinta-feira] o presidente da República, o interesse colectivo deve ser colocado acima de tudo. A urgência de hoje é a de conter a epidemia, proteger os mais vulneráveis e evitar saídas”, refere a Liga francesa em comunicado, adiantando que voltará a reunir após a reunião agendada com a UEFA, na terça-feira.

A Alemanha era a única excepção a esta paragem generalizada mas, a meio da tarde deixou de o ser. A Liga alemã anunciou a decisão de adiar os jogos da próxima jornada da primeira e segundas divisões da Bundesliga, o primeiro dos quais já hoje, em função dos recentes desenvolvimentos na pandemia covid-19.

“Em sintonia com os recentes desenvolvimentos referentes ao novo coronavírus, a federação alemã de futebol decidiu adiar a 26.ª jornada da Bundesliga e Bundesliga 2”, refere o organismo na sua página oficial na Internet.

A Alemanha era o único campeonato entre os cinco principais campeonatos europeus que ainda não tinha optado por parar os respectivos jogos e ainda hoje tinha mantido a previsão da ronda se jogar à porta fechada e propor apenas uma interrupção a partir de segunda-feira.

F1 também trava

No automobilismo, os grandes prémios de Fórmula 1 do Bahrain e do Vietname, previstos para 22 de Março e 5 de Abril, respectivamente, já tinham sido adiados, sem nova data marcada, mas agora foi também cancelado o GP da Austrália, cujos treinos teriam início hoje e a corrida seria no domingo.

“Depois da confirmação de que um membro da equipa McLaren Racing Team deu positivo a covid-19 num teste e da decisão de a equipa se retirar do GP da Austrália, a FIA e a Fórmula 1 convocaram uma reunião com os restantes nove directores de equipa na quinta-feira à noite. Estas discussões terminaram com uma opinião maioritária das equipas de que a corrida não deveria se realizar. A FIA e a Fórmula 1, com o total apoio da Australian Grand Prix Corporation, tomaram a decisão de cancelar toda a actividade de F1 para o GP da Austrália”, comunicou a Federação Internacional do Automóvel (FIA).

A quarta prova suspensa é o Grande Prémio da China, que estava agendado para 19 de Abril.

Também nos ralis há suspensões e cancelamentos. O Rali da Argentina foi nesta sexta-feira adiado devido às medidas de contenção do surto naquele país da América Latina, informaram os organizadores.

Nesta altura, tanto os promotores do WRC (Campeonato do Mundo) como o Automóvil Club Argentino estudam uma data alternativa para a realização da prova, que deveria disputar-se de 23 a 26 de Abril.

Já a Federação Internacional do Automóvel (FIA), está a analisar a viabilidade de levar a cabo o Rali de Portugal, de 21 a 24 de Maio, e o Rali da Sardenha, de 4 a 7 de Junho.

Giro adiado

A Volta a Itália em bicicleta, que deveria decorrer entre 9 e 31 de Maio, com partida em Budapeste e chegada em Milão, foi adiada para data indeterminada devido à pandemia da covid-19.

“A RCS, em linha de conta com a situação nacional e internacional, comunica que as datas do Giro 2020 estão adiadas”, refere a Sociedade organizadora da competição em comunicado, poucas horas depois de a Hungria ter cancelado as etapas, as três iniciais, que devia receber.

A Itália é o segundo país com mais casos de pessoas infectadas a seguir à China, com 15.113 diagnósticos e 1016 mortes.

Sugerir correcção