I e II Liga suspensas por tempo indeterminado

Futebol português pára na sua totalidade e não tem data para voltar.

A 25.ª jornada ia abrir nesta sexta-feira com um Rio Ave-Paços de Ferreira em Vila do Conde
Foto
A 25.ª jornada ia abrir nesta sexta-feira com um Rio Ave-Paços de Ferreira em Vila do Conde LUSA/FERNANDO VELUDO

O futebol português vai parar este fim-de-semana e não se sabe quando vai regressar. Depois de a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ter anunciado a suspensão por tempo indeterminado das competições por si organizadas, foi a vez de a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) decidir a mesma medida para as I e II Ligas.

Depois de ter anunciado que os jogos se iriam realizar à porta fechada, a Liga portuguesa segue, assim, os exemplos da Série A italiana e da Liga espanhola, que também anunciaram a suspensão de actividade devido ao novo coronavírus.

Em comunicado, o organismo liderado por Pedro Proença fez ainda uma recomendação para a “suspensão imediata dos treinos” e “que todos os agentes desportivos do futebol profissional adoptem condutas de contenção social”.

Esta medida surge depois de o próprio Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) ter ouvido os capitães das equipas que competem nos escalões profissionais. “Não existem condições para o desenvolvimento da actividade profissional de futebolista em segurança”, referiu o organismo, em comunicado, depois da reunião.

O SJPF solicitou, por isso, à LPFP e à FPF uma” reunião com carácter de urgência do grupo de trabalho criado para monitorizar a situação, tendo em vista a proposta de suspensão de todas as competições desportivas, masculinas e femininas e respectivos treinos”, cenário que acabou por confirmar-se.

O comunicado da Liga na íntegra

“No seguimento da reunião extraordinária realizada esta quinta-feira, entre a Comissão Permanente de Calendários com a Direcção Executiva da Liga Portugal, e que contou com a presença da AMEF e dos médicos representantes dos clubes que compõem a referida Comissão, a Liga Portugal deliberou: 

- Suspensão imediata das competições profissionais de futebol da Liga NOS e da LigaPro por tempo indeterminado;

- Realização de reuniões da Comissão Permanente de Calendário, de 3 em 3 dias, para que seja efectuado ponto de situação da evolução da pandemia e das concretas medidas a adoptar.

Da reunião resultou ainda a recomendação para a suspensão imediata dos treinos e a recomendação para que todos os agentes desportivos do futebol profissional adoptem condutas de contenção social, para que, rapidamente, se possa retomar a actividade desportiva normal.

Esta decisão do Futebol Profissional, em conformidade com a recomendação do Conselho Nacional de Saúde Pública, para que sejam reforçadas as medidas de contenção bem como os meios para a sua implementação, visa ser um exemplo para a Sociedade em geral e para a consciencialização de todos os cidadãos e adeptos.”

Sugerir correcção