Valéria: “Rui Veloso foi a minha porta de entrada para a música portuguesa”

Radicada em Portugal desde 1991, a actriz, cantora e compositora brasileira Valéria Carvalho gravou um disco só com canções de Rui Veloso. E vai apresentá-lo ao vivo esta sexta-feira em Lisboa, no Tivoli BBVA. Convidados: Rui Veloso e Mafalda Veiga

Foto
Valéria Carvalho no videoclipe de Todo o tempo do mundo DR

Quando chegou ao Porto, vinda do Brasil, no início dos anos 1990, a primeira coisa que viu foi um concerto de Rui Veloso, na rua. E isso marcou-a de tal maneira que, depois de fazer mil e uma coisas em Portugal (onde vive desde 1991), na televisão, no teatro, na dança, na música, Valéria Carvalho decidiu gravar um disco só com composições de Rui Veloso e Carlos Tê. Chamou-lhe Rui Veloso em Jeito de Bossa e apresenta-o ao vivo esta sexta-feira em Lisboa, no Tivoli BBVA (às 21h30, com lotação já esgotada), com o próprio Rui Veloso e Mafalda Veiga como convidados e com um grupo de músicos brasileiros de luxo: Armando Marçal, Jorge Helder, Edu Miranda e Lula Galvão.