Concurso para as 120 casas da Renda Acessível de Lisboa registou 3170 candidaturas

O sorteio destas casas será realizado durante o mês de Fevereiro. Valor da renda anda entre os 150 e os 800 euros.

Foto
sebastiao almeida

Terminou às 14h desta sexta-feira o primeiro concurso de casas de renda acessível da Câmara de Lisboa, tendo sido registadas 3170 candidaturas. O concurso decorria desde o dia 12 de Dezembro, altura que foi apresentado o novo portal Habitar Lisboa, que concentrou todos os programas de habitação do município — Renda Acessível, Renda Apoiada e Subsídio Municipal ao Arrendamento —, tendo sido também alteradas as regras de acesso à habitação municipal. Também a forma de registo no portal foi alterada, sendo necessária agora uma chave móvel digital, que pode ser requerida online, via portal das Finanças, ou presencialmente. 

O sorteio destas casas será realizado durante o mês de Fevereiro. Os candidatos que não forem contemplados manterão a sua inscrição no programa, sendo notificados da abertura de novas bolsas de renda acessível, explica a autarquia. 

No PRA, os valores das rendas não podem ultrapassar 30% do rendimento mensal líquido das famílias – com redução de 2% por cada filho. Neste concurso foram disponibilizadas 120 casas, com tipologias T0 a T4, cuja renda poderá custar entre 150 e 800 euros. 

Sugerir correcção