Manuel Alegre “extremamente satisfeito” com sondagem que mostra apoio dos portugueses às touradas

O histórico socialista lamenta “a extrema rigidez” que foi imposta aos deputados do PS para votarem a favor do aumento do IVA para as touradas.

Manuel Alegre
Foto
Manuel Alegre Francisco Romao Pereira

O socialista Manuel Alegre manifestou-se nesta quinta-feira “extremamente satisfeito” com o estudo de opinião agora revelado e que mostra que uma larga maioria dos portugueses apoia esta actividade e que dizem que nunca votaria num partido que quisesse acabar com ela.

“São números muito surpreendentes e muito significativos. Um deles mostra que 67% nunca votaria num partido que quisesse acabar com as touradas, o que me dá razão quando digo que que esta actividade tem raízes profundas na sociedade e na cultura portuguesa”, afirmou ao público o histórico que socialistas que é um acérrimo defensor das touradas.

Os números revelados pelo estudo de opinião da Eurosondagem para a ProToiro-Federação Portuguesa de Tauromaquia “devem levar as pessoas a reflectir sobre o activismo de certos grupos minoritários que rem impor a sua opinião contra a vontade dos portugueses”, acrescenta o escritor.

Estes números, afirma ainda, “vêm destruir algumas ideias feitas ou que alguns quiseram fazer passar de que os portugueses não gostam de touradas”. “Há ainda outros dados surpreendentes na sondagem, nomeadamente aqueles que mostram que, mesmo dentro dos partidos que querem acabar com as touradas, há quem diga que gosta das touradas e que elas não devem acabar”, salienta.

Manuel Alegre, que se manifestou a passagem com a passagem da tauromaquia do pagamento da taxa intermédia de IVA (13%) para a lista de bens e serviços sujeitos à taxa máxima (23%), proposta pelo Governo no Orçamento do Estado para 2020, lamenta agora “a extrema rigidez que foi imposta ao grupo parlamentar do PS” para votar esta matéria.

Sugerir correcção