Operação Glória: PJ intercepta veleiro com 1820 quilos de cocaína

Foram detidas duas pessoas, de nacionalidade estrangeira. A embarcação, equipamentos e documentação foram apreendidos.

Foto
bruno lisita/ Arquivo

A Polícia Judiciária (PJ) interceptou um veleiro com 1820 quilos de cocaína, no âmbito de uma “complexa operação de combate ao tráfico transcontinental de estupefacientes por via marítima”, anunciou a Polícia, chamada Operação Glória.

Esta operação decorreu durante as últimas duas semanas, foi executada pela Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes com o apoio da Marinha e da Força Aérea e levou à detenção de dois homens estrangeiros, de 51 e 53 anos, que serão esta segunda-feira presentes à autoridade judicial.

“No decurso desta acção (...), foi possível localizar e depois interceptar, em pleno Oceano Atlântico, num quadro de grande adversidade meteorológica, uma embarcação do tipo veleiro que estava a ser utilizada para o transporte de 1820 kg de cocaína”, refere a nota da PJ.

Esta operação foi realizada a propósito de uma investigação iniciada na sequência de troca de informação no Maritime Analysis and Operations Centre — Narcotics (MAOC-N), com sede em Lisboa, da Direction Nationale du Reiseignement et des Enquêtes Douaniers das Alfândegas Francesas, da National Crime Agency do Reino Unido, da Drug Enforcement Administration dos EUA e da Unidad de Drogas y Crimen Organizado do Cuerpo Nacional de Polícia de Espanha. A Polícia Federal do Brasil também esteve envolvida na operação.

Além da droga, foi apreendida a embarcação, diversos equipamentos e documentação.

Sugerir correcção