Real vence Atlético nos penáltis e conquista Supertaça de Espanha

As duas equipas não saíram do nulo inicial e a decisão sobre o vencedor foi tomada no desempate por grandes penalidades.

Os jogadores do Real Madrid com a Supertaça de Espanha
Foto
Os jogadores do Real Madrid com a Supertaça de Espanha Reuters/SERGIO PEREZ

Foi apenas no desempate nos penáltis que o Real Madrid foi capaz de derrotar o Atlético de Madrid (4-1), conquistando dessa forma a sua 11.ª Supertaça de Espanha. Numa final disputada na Arábia Saudita, os “merengues” impuseram-se, após 120 minutos sem golos e depois de um jogo em que o equilíbrio foi a nota dominante.

João Félix foi titular entre os “colchoneros”, mas teve uma exibição discreta (acabou por sair no prolongamento). O internacional português, contudo, podia ter entrtado para a história da partida, já que teve nos pés duas boas oportunidades para inaugurar o marcador. Na primeira, aos 14 minutos, não conseguiu bater Courtois, após um erro de Sergio Ramos. Na segunda, ao minuto 43, acertou em Modric, quando estava "coração” da área adversária.

No prolongamento, a equipa comandada por Zinedine Zidane arriscou um pouco mais, mas aos 115’ Valverde foi expulso por ter travado Morata quando o “colchonero” se preparava para entrar na área “merengue” só com Courtois pela frente.

Em superioridade numérica, o Atlético “carregou um pouco mais” e Courtois foi obrigado a aplicar-se um par de vezes para manter a sua baliza inviolada.

E o guarda-redes belga seria ainda decisivo um pouco mais tarde, ao defender um dos penáltis do Atlético de Madrid - o remate de Thomas Partey foi parado por Curtois, enquanto Saúl Ñiguez acertou no poste. Já o Real Madrid não falhou nenhuma das suas tentativas e levantou o troféu no final.

Sugerir correcção