Pobre Beckett

A brincar, a brincar já é o segundo livro de Deirdre Bair que não me arrependo muito de ter lido.

Foi sensacional a biografia de Beckett que Deirdre Bair publicou em 1978. Era bisbilhoteira e fútil, obcecada por pormenores, como se fosse um relatório do FBI no tempo de Edgar Hoover. (Ia escrever Edgar Allan Poe, tal era o tédio).