Ordem de Trump para matar general Soleimani reacende debate sobre lei de 2001

Nos últimos meses, a Casa Branca vinha indicando que não precisa da autorização do Congresso para lançar ataques contra o Irão. Em causa está uma lei que muitos congressistas contestam, mas que nunca conseguiram enfraquecer.

Foto
O Presidente norte-americano disse que o ataque teve como objectivo "proteger cidadãos norte-americanos no estrangeiro" Reuters/TOM BRENNER

Uma semana depois dos atentados de 11 de Setembro de 2001 contra as Torres Gémeas e o Pentágono, nos Estados Unidos, o Presidente norte-americano, George W. Bush, recebia do Congresso carta-branca para atacar a Al-Qaeda e quaisquer “forças associadas” à rede terrorista de Osama bin Laden.