Fotogaleria
A cria de foca já pronta para ser transportada Polícia Marítima da Nazaré
Fotogaleria
Polícia Marítima da Nazaré
Fotogaleria
Polícia Marítima da Nazaré
Fotogaleria
Polícia Marítima da Nazaré

Polícia Marítima resgata foca bebé em praia de Alcobaça

A cria foi assistida por biólogos antes de ser transportada para o Centro de Reabilitação de Animais Marinhos.

A Polícia Marítima da Nazaré resgatou esta sexta-feira uma cria de foca no areal da praia da Légua, no concelho de Alcobaça. De acordo com um comunicado, os agentes deslocaram-se ao local por volta das 12h na sequência de informação recebida de populares, tendo encontrado a foca bebé ainda com vida.

Segundo a mesma nota, os agentes tentaram manter o animal com vida, evitando que “factores externos transmitissem stress ao mamífero”, enquanto aguardavam pela chegada de uma equipa do Centro de Reabilitação de Animais Marinhos (CRAM).

A foca foi levada para as instalações do CRAM depois de ser verificado pelos biólogos que havia condições para o seu transporte. A Polícia Marítima desconhece para já as circunstâncias em que a cria foi parar àquele local.

Em 2018, quando uma foca apareceu no Estuário do Douro, o biólogo Nuno Gomes Oliveira explicou ao PET que o fenómeno, apesar de ser incomum, não é inédito nem alarmante. Segundo disse o biólogo na altura, o acontecimento “não está relacionado com alterações ambientais, nem significa que o ambiente está melhor cá”.

Sugerir correcção