A beleza fantasmagórica das árvores centenárias da Madeira

©Michael Schlegel
Fotogaleria
©Michael Schlegel

Quando Michael Schlegel visitou a ilha da Madeira, em Março de 2019, já sabia que queria apontar a objectiva da sua câmara fotográfica às árvores centenárias do Fanal. E teve sorte, disse ao P3, em entrevista por email. "As condições atmosféricas eram perfeitas para o que tinha idealizado: nevoeiro denso durante todo o dia."

O alemão sempre sentiu uma ligação especial com as árvores, sempre gostou de fotografá-las. E as do Fanal excederam as suas expectativas. "Fotografei-as durante cinco dias consecutivos e adorei caminhar entre elas, sozinho, no meio do nevoeiro." Algumas das majestosas árvores que retratou na zona oeste da Madeira, a mais de 1000 metros de altitude, têm mais de 500 anos de idade.

Foi especial para Michael estar "sozinho" na presença "daquelas árvores velhas, misteriosas" e o resultado fotográfico desta expedição pretende traduzir isso mesmo. "Com as minhas fotografias eu não tento, activamente, expressar uma mensagem artística ou impor uma interpretação; tento simplesmente captar a experiência de estar no local."

©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
©Michael Schlegel
Sugerir correcção