Grécia regista forte sismo, sem relação com o da Albânia

Tremor de terra de magnitude 6 na escala de Richter sentido em Creta, Peloponeso e na região de Atenas.

Foto
Nas últimas 36 horas já foram sentidos 44 tremores de terra na zona do Mar Adriático Google Maps

Um forte sismo de 6 graus na escala de Richter fez-se sentir na Grécia, desde a ilha de Creta até à Península do Peloponeso, passando ainda pela região central de Atica (a região de Atenas, a 265 quilómetros do epicentro).

O epicentro foi a 74 quilómetros a noroeste da cidade de Chania, em Creta, e a 54 quilómetros de profundidade, diz o diário grego Kathimerini.

Não foram reportados danos ou ferimentos.

O especialista em sismos  Efthymios Lekkas disse que este sismo não tem qualquer relação com o que atingiu na terça-feira a Albânia e a Bósnia, em que morreram pelo menos 21 pessoas.

“Foi muito forte, estivemos a balançar para trás e para a frente durante algum tempo”, disse à Reuters George Kominos, vice-presidente da câmara de Kythera, também próxima do epicentro. “Não temos relatos de danos ou feridos”, continuou. Decidiu-se ainda encerrar escolas e edifícios públicos para verificar se há danos antes de os reabrir, contou. 

Nas últimas 36 horas já foram sentidos 44 tremores de terra na zona do Mar Adriático. 

Sugerir correcção