Ilustração

Em Desvio, Cláudia Salgueiro ensina-nos a caminhar entre revistas antigas

Cláudia Salgueiro
Fotogaleria
Cláudia Salgueiro

Há "muito tempo" que a designer e ilustradora Cláudia Salgueiro queria "explicar o conceito de 'caminhar' enquanto processo artístico". Conseguiu-o, agora, à boleia do convite da galeria Apaixonarte, em Lisboa. Na exposição Desvio, patente até 30 de Novembro, a jovem reflecte "sobre o acto de caminhar, sobre a paisagem, a natureza, o corpo e o movimento”.

Para isso, retratou botas, mochilas, montanhas, combinando os desenhos com recortes de revistas antigas. Enquanto as folheava, tentava "encontrar palavras que se relacionassem com as ilustrações e pudessem servir de metáfora". "A ideia das revistas antigas era mesmo usar um papel que já foi lido e que ganha uma nova vida ao ser colocado nos desenhos", conta ao P3. E também brincar um pouco com a questão do tempo.

Natural do Entroncamento, Cláudia licenciou-se em Design de Comunicação e concluiu depois o mestrado em Design Editorial na Faculdade de Belas Artes do Porto. Faz exposições desde 2016, das quais destaca Plate it Please!, no Museu da Vista Alegre, a "mais importante" até agora, pois ajudou-a a decidir fazer da ilustração o seu trabalho. Em 2018, ganhou o primeiro prémio do Encontro Internacional de Ilustração de São João da Madeira, o que "também ajudou". E, claro, trouxe “aceitação e reconhecimento por parte do público”.

Gostas de fotografar e tens uma série que merece ser vista? Não consegues parar de desenhar, mas ninguém te liga nenhuma? Andas sempre com a câmara de filmar para produzir filmes que não saem da gaveta? Sim, tu também podes publicar no P3. Sabe aqui o que tens de fazer.

Cláudia Salgueiro
Cláudia Salgueiro
Cláudia Salgueiro
Cláudia Salgueiro
Cláudia Salgueiro
Cláudia Salgueiro
Cláudia Salgueiro
Cláudia Salgueiro
Sugerir correcção