Reportagem

A RDA ainda existe aqui, num lar em Dresden

A residência de idosos Alexa parece imitar o filme Adeus, Lenine!. Ao pegar em coisas do seu tempo, algumas pessoas com demência voltaram a ganhar capacidades esquecidas.

Foto
Maria João Guimarães

Das 8h às 18h de segunda a sexta-feira, a República Democrática Alemã ainda está aqui, num cantinho de um lar de idosos de Dresden. Há duas salas, uma cozinha, e um corredor de “supermercado”, com as marcas, uma para cada produto, os sacos de tecido para as compras, a louça, uma caixa com dinheiro antigo, com notas e algumas moedas, tão leves.