Dez mortos e 24 feridos graves na Operação Todos os Santos da GNR

Foram registados mais de mil acidentes durante a operação, que esteve nas estradas de quinta-feira a domingo.

Foto
O patrulhamento foi reforçado nas estradas com maior tráfego, de 31 de Outubro a 3 de Novembro Nuno Ferreira Santos

Dez pessoas morreram e 24 ficaram gravemente feridas em acidentes rodoviários durante os quatro dias da Operação Todos os Santos, que a GNR desenvolveu desde quinta-feira até domingo, segundo dados provisórios da corporação.

De acordo com os balanços diários disponibilizados no site da GNR, entre sexta-feira e o final do dia de domingo ocorreram mais de 1000 acidentes rodoviários em território nacional, que provocaram dez mortos, 24 feridos graves e 341 feridos leves.

A GNR intensificou o patrulhamento nas estradas com maior tráfego no período de 31 de Outubro a 3 de Novembro, durante a Operação Todos os Santos.

A operação, que pretendeu “apoiar os utentes das vias e reduzir situações que configurem comportamentos de risco” no fim-de-semana prolongado, mobilizou os Comandos Territoriais e a Unidade Nacional de Trânsito.