Como Portugal parou de convergir a partir de 1995 e foi ultrapassado a leste

De 1995 até agora, o PIB per capita português não se aproximou da média da UE. O Banco de Portugal diz que o problema está no crescimento baixo da produtividade e assinala que, ao nível europeu, existe uma dificuldade “em manter ritmos de crescimento económico elevados a partir de determinado patamar de rendimento”.

Foto
daniel Rocha

Depois de uma forte recuperação entre 1960 e 1995, economia portuguesa deixou, nos últimos 25 anos, de conseguir convergir para os níveis de riqueza da média dos países que actualmente compõem a União Europeia. Uma estagnação que coincide com a existência do euro, mas que um estudo publicado pelo Banco de Portugal diz estar relacionada com a dificuldade generalizada na UE em manter um crescimento forte da produtividade e assegurar a tendência de convergência quando um país atinge determinados níveis de riqueza.