ASAE alerta para actuação de falso inspector em estabelecimentos de restauração

Segundo a autoridade alimentar, o homem contactava estabelecimentos de restauração e bebidas e solicitava que fizessem uma transferência bancária para pagamento de uma falsa coima.

Autoridade de Segurança Alimentar e Econômica
Foto
Paulo Pimenta

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) alertou esta terça-feira para a prática de burla efectuada por um homem que se faz passar por inspector da autoridade em estabelecimentos de restauração e bebidas no distrito de Lisboa.

Em comunicado, a ASAE adianta já ter recebido várias ocorrências no distrito de Lisboa. “O contacto do falso inspector por norma é efectuado, via telefónica, no sentido de intimidar solicitando transferência bancária imediata de um determinado valor para pagamento de uma falsa coima”, refere a ASAE na nota.

Por isso, a ASAE chama a atenção para o facto de que, “em nenhuma situação, os inspectores fazem qualquer tipo de contacto directo com os operadores económicos para o pagamento de coimas”.

Esta polícia esclarece que todos os procedimentos são feitos pelas vias normais e legais.

Por isso, “os operadores económicos não devem atender a qualquer pedido por parte de qualquer suposto inspector que efectue as solicitações anteriormente descritas, antes pelo contrário, devem de imediato contactar a força policial da zona no sentido de viabilizar a detenção em flagrante daqueles que indevidamente se façam passar por agentes da autoridade usurpando as suas funções”.