Incidente entre Renan e Sérgio Conceição foi arquivado

Conselho de Disciplina da federação não encontrou “fundamento suficiente” para instaurar procedimento disciplinar.

Foto

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) arquivou esta terça-feira o processo disciplinar que pendia sobre Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, e o guarda-redes Renan Ribeiro, do Sporting, referente ao episódio ocorrido no final do encontro da última jornada da época 2018-19, a 18 de Maio, no Dragão.

Aquele organismo sustenta a deliberação no facto de “inexistir fundamento suficiente para a instauração de procedimento disciplinar contra o jogador Renan Ribeiro, contra o treinador Sérgio Conceição, contra os jogadores suplentes e suplementares de ambas as equipas e os demais agentes desportivos que entraram sem autorização da equipa de arbitragem no rectângulo de jogo”, pelo que foi decidido o “arquivamento do processo de inquérito instaurado”.