Apenas um cão recém-nascido sobreviveu
Foto
Apenas um cão recém-nascido sobreviveu GNR

Colocou cinco cães no caixote do lixo e apenas um sobreviveu

O suspeito, de 26 anos, foi constituído arguido pela prática do crime de maus-tratos a animais de companhia.

Um homem, de 26 anos, foi identificado esta sexta-feira pela Guarda Nacional Republicana (GNR) pela prática do crime de maus-tratos a animais de companhia, no concelho de Viseu.

Na sequência de uma denúncia esta quarta-feira, “os militares detectaram uma situação de maus-tratos a animais de companhia, onde cinco cachorros, recém-nascidos, se encontravam no interior de um caixote do lixo, sendo que quatro já se encontravam sem vida”, refere a GNR em comunicado.

Apenas um dos cães sobreviveu, “o qual foi encaminhado para uma clínica veterinária para tratamento, com vista à recuperação”.

O jovem foi identificado pelo Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Protecção Ambiental de Viseu. O suspeito foi depois constituído arguido e o caso remetido para o Tribunal Judicial de Lamego.

A operação contou com a colaboração do Núcleo de Investigação de Crimes e Contra-ordenações Ambientais, do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) de Viseu.