Ensaio

As ruas se abrem derribando todos os tropeços que lhe fizerem impedimento

A origem do caos começa logo na cota da soleira. É na soleira que tudo se forma: o bom encaminhamento para o recato interior das casas e dos prédios, e a saída desimpedida para a aragem das estradas.

Foto
Álvaro Domingues

Esta segunda parte he mais excellente que a primeyra por se encaminhar á emendar os defeitos das ruas, nas cidades, villas, e lugares já fundados e defeituosos, e da disposiçaõ para neles estender e alargar com novas criaçoes de ruas os âmbitos das taes povoações; e assim será mais conveniente, principalmente para o nosso Reyno, que se acha tão desordenado nesta parte, que nada tem fundado, como deve ser, e os seus principaes defeitos são estarem as casas dos moradores postas de semeadura sobre todo o terreno e a mayor parte plantadas ao longo das estradas, hua casa aqui, outra acolá que podem ser abrigo, e cuvil de ladroes, devendo estar os habitantes de cada hua freguesia alugarados juntos a praça principal do seu lugar… (1)