Pawel Czerwinski/Unsplash
Foto
Pawel Czerwinski/Unsplash

Mãos à Obra! Há encontro marcado para limpar Portugal de norte a sul

O objectivo é “recolher o máximo de lixo” possível. A 22 de Setembro, às 10h, espera-se que pessoas de diferentes cidades saiam à rua para limpar as suas zonas de residência. O projecto Mãos à Obra já tem presença marcada em mais de 30 cidades.

Marca na agenda: 22 de Setembro é dia de pôr mãos à obra e fazer uma limpeza geral… no país inteiro. A proposta é feita pelo projecto Mãos à Obra, criado por Inês Durão, e quer levar grupos de diferentes partes do país a juntarem-se para limpar a sua zona de residência no mesmo dia, à mesma hora.

Com início marcado para as 10h, a acção de limpeza deverá seguir um roteiro “criado pelo representante de cada zona”, que deverá também decidir a hora de término da acção, explicam no Instagram. No final da manhã e da tarde, deverá ser feita uma separação do lixo. O dia escolhido, justificam, deve-se ao facto de, até 15 de Setembro, as câmaras municipais “serem responsáveis pela limpeza das praias e ruas”, uma vez que é o limite da época balnear; decidiram, portanto, esperar para quando não houvesse ninguém a fazê-lo. O objectivo é só um: “Recolher o máximo de lixo.”

Amares, Aveiro, Barcelos, Braga, Bragança, Carcavelos, Chaves, Esposende, Estremoz, Famalicão, Guarda, Guimarães, Leiria, Lisboa, Lourinhã, Malveira, Monção, Montemor-o-Novo, Oliveira de Azeméis, Paços de Ferreira, Peniche, Póvoa de Lanhoso, Santarém, São Miguel, Seixal, Torres Vedras, Valença, Vale de Cambra, Valongo, Vila do Conde e Vila Viçosa são os locais já confirmados, mas o número de cidades ainda pode aumentar. Todas as actualizações vão sendo feitas no site e no Instagram do evento.

Se estás interessado em participar na limpeza, podes consultar o mapa disponibilizado no site e descobrir se já há um responsável na tua área de residência: se houver, estarão disponíveis os contactos da pessoa que te poderá dar mais indicações sobre a acção. Se ainda não houver nenhuma limpeza agendada, podes ser tu a enviar mensagem aos organizadores do projecto e a tornares-te responsável pela acção na tua cidade. Seja como responsável ou como participante, o importante é pôr mãos à obra.