Nunca se realizaram tantas cirurgias no SNS, mas hospitais públicos operaram menos

O elevado número de greves no sector não será alheio aos dados contidos no relatório de 2018 sobre o acesso aos cuidados de saúde.

Aumento de cirurgias foi conseguido graças aos hospitais convencionados e protocolados
Foto
Aumento de cirurgias foi conseguido graças aos hospitais convencionados e protocolados Paulo Pimenta

Parece uma contradição mas não é, e o elevado número de greves que marcaram o Serviço Nacional de Saúde (SNS) no ano passado, incluindo as bem conhecidas greves cirúrgicas dos enfermeiros, não será alheio a um dos dados que constam do Relatório Anual de Acesso a Cuidados de Saúde nos Estabelecimentos do SNS e Entidades Convencionadas relativo a 2018. Ou seja, desde que existe o sistema integrado de gestão de inscritos para cirurgia que nunca se operaram tantos doentes como no ano passado, mas o número de cirurgias nos hospitais públicos baixou em relação a 2017.