Olympiacos voltou a não dar hipóteses ao Krasnodar

O vice-campeão grego somou na Rússia a sexta vitória consecutiva e garantiu um lugar na fase de grupos da Champions.

Foto
LUSA/YURI KOCHETKOV

Sem surpresa, o Olympiacos vai ser uma das 32 equipas que vão estar presentes amanhã no sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões. A equipa grega, treinada por Pedro Martins, viajou até à Rússia com uma confortável vantagem (4-0), mas não deu hipóteses ao Krasnodar: voltou a vencer, desta vez por 1-2. Para além do Olympiacos, garantiram nesta terça-feira a qualificação o Dínamo Zagreb e o Estrela Vermelha.

Na véspera de receber o Olympiacos, Serguei Matveev tinha afirmado que o Krasnodar teria que “ganhar vantagem na primeira parte”, e o desejo do técnico russo concretizou-se (aos 10’,  Utkin colocou o Krasnodar a vencer), mas Pedro Martins quase não teve tempo para se preocupar. Na resposta, El-Arabi fez o empate e, com o golo fora dos gregos, os russos passavam a precisar de cinco golos para conseguir a qualificação. Com a eliminatória decidida, a equipa de José Sá, Rúben Semedo (saiu lesionado aos 66’) e Podence  controlou o jogo e El-Arabi bisou, assegurando a sexta vitória consecutiva para Pedro Martins nesta época. 

Nas outras eliminatórias concluídas nesta terça-feira houve equilíbrio, mas confirmou-se a tendência da primeira mão. Após perder por 2-0 na Croácia, o Rosenborg ainda acreditou no apuramento quando Babajide David marcou, aos 11’, mas Gojak confirmou a passagem do Dínamo Zagreb. Na Sérvia, Estrela Vermelha e Young Boys voltaram a empatar (1-1), mas a igualdade a dois golos na Suíça deu vantagem, no final, aos sérvios. 

Com Olympiacos, Dínamo Zagreb e Estrela Vermelha garantidos na fase de grupos, as últimas três equipas que vão participar na Liga dos Campeões serão conhecidas na quarta-feira. Semifinalista na época passada, o Ajax não está numa posição tranquila, mas, após o empate (0-0) em Chipre com o APOEL, vai decidir o apuramento em Amesterdão. 

As outras equipas que vão jogar em casa estão mais confortáveis. O Club Brugge venceu na Áustria, por 1-0, e apenas terá que gerir a vantagem contra o LASK Linz. Na mesma situação está o Slavia, que derrotou pelo mesmo resultado o Cluj na Transilvânia. Os romenos terão que vencer em Praga para se apurarem para a Liga dos Campeões.