José Cid recebe Grammy Latino de Excelência Musical

O prémio é concedido a artistas que “fizeram contribuições de significado artístico excepcional para a música latina”.

Foto
adriano miranda

O músico português José Cid vai receber um Grammy Latino de Excelência Musical, foi anunciado esta quinta-feira.

Cid, Eva Ayllón, Joan Baez,  Lupita D’Alessio, Hugo Fattoruso, Pimpinela, Omara Portuondo e José Luis Rodríguez “El Puma” foram distinguidos com o Prémio de Excelência Musical deste ano, divulgou a Academia Latina da Gravação.

O prémio, que será entregue em Novembro, em Las Vegas, Estados Unidos, “é concedido a artistas que fizeram contribuições de significado artístico excepcional para a música latina”, refere a organização.

José Cid “adaptou sem esforço a influência da música popular anglo ao estilo original do pop-rock português”, diz a academia. E elenca argumentos: os Babies marcaram “um momento de ‘antes e depois’” no pop-rock em Portugal; o Quarteto 1111 “criou as bases do rock português, com uma forte tonalidade psicadélica e lançamentos inovadores, como o enorme sucesso de 1967 A Lenda de El-Rei D. Sebastião; a solo, o disco 10.000 Anos Depois Entre Vénus e Marte (1978) é considerado uma obra-prima do rock progressivo” e o maravilhoso” Fado de Sempre explorou as raízes portuguesas (1987). 

“Com dezenas de sucessos, [José Cid] continua a ser uma grande atracção em concertos em Portugal, lançando novas canções e álbuns de espectáculos ao vivo”, refere a academia.

Para Cid, este é dos prémios mais importantes que conquistou. “Estou também feliz porque o pop-rock português, sempre tão impossibilitado de atravessar fronteiras, é reconhecido a este nível. Parabéns a todos os meus colegas que escrevem e cantam em português!”, escreveu no Facebook.

Em 2014, o fadista Carlos do Carmo foi distinguido com um Grammy Latino na mesma categoria.