Fotografia

A volta ao mundo à procura de cenários do cinema

©Daniel B. Louro
Fotogaleria
©Daniel B. Louro

Tem 35 anos, é videógrafo freelancer e, em Outubro de 2018, começou um projecto de fotografia que consiste em recriar e enquadrar cenas de filmes, visitando os locais originais das gravações. The World is a Set (O Mundo é um Cenário, em português) é o nome do projecto do aveirense Daniel Louro, que começou este passatempo quando estava a planear uma viagem aos Estados Unidos e se apercebeu de que a escolha dos locais a visitar se relacionava com os cenários dos filmes que tinha visto.

O cinéfilo vai realizando estes trabalhos conforme a disponibilidade: faz uma pesquisa prévia antes de viajar, tentando perceber “o que existe na Internet em termos de bastidores e de história do local”, recolhe as coordenadas, vê a acessibilidade dos lugares e parte à aventura. No local, procura o mesmo enquadramento da cena do filme, mesmo que seja a partir de um ou outro elemento que ainda lá esteja – o que “acaba por ser um desafio”. Afinal, explicou ao P3, “há sítios que mudaram radicalmente”.

Embora os locais de rodagem dos filmes estrangeiros estejam bem documentados, em Portugal a situação é muito diferente, adiantou Daniel Louro. “É preciso telefonar para todo o lado – câmaras, pousadas ou pessoas que saibam de alguma coisa, porque este é quase um trabalho de investigação.” Neste sentido, o objectivo é, a médio e longo prazo, “fazer um compêndio dos locais que, em Portugal, serviram de cenário a cenas de filmes”. “Idealmente, gostaria de alargar este passatempo para fora de Portugal mas, por enquanto, o território nacional ainda tem muitos locais, filmes e histórias a descobrir”, confidenciou.

Questionado sobre a reacção das pessoas perante esta recriação cinematográfica em fotografias, o videógrafo crê que existem os dois lados da moeda. “Há locais onde o facto de um filme ter sido lá filmado os torna sítios turísticos” e “outros em que as pessoas que por lá passam ou vivem ficam surpreendidas”. Contudo, até agora, o feedback tem sido positivo, pelo que, para além de fotografar, Daniel Louro faz questão de "adicionar uma descrição e uma história a cada montagem”.

Este projecto, que já levou Daniel Louro a percorrer Portugal, Espanha, Inglaterra e EUA, vai levá-lo, em breve, ao Canadá, revelou o próprio, por considerar que “Vancouver e Toronto são duas cidades com uma indústria de cinema muito grande”. 

Gostas de fotografar e tens uma série que merece ser vista? Não consegues parar de desenhar, mas ninguém te liga nenhuma? Andas sempre com a câmara de filmar para produzir filmes que não saem da gaveta? Sim, tu também podes publicar no P3. Sabe aqui o que tens de fazer.

©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
©Daniel B. Louro
Sugerir correcção