Projecto para desmantelar aviões na base de Beja “esfumou-se”

Projectos para a componente civil da base de Beja continuam a ser anunciados, mas não concretizados, enquanto se assiste ao reforço da componente militar.

Foto
LUSA/NUNO VEIGA

O projecto de desmantelamento de aeronaves que a Aeroneo - Indústria, Comércio e Serviços Aeronáuticos Lda tinha anunciado em 2017, para a Base Aérea nº11 (BA11) localizada em Beja, “esfumou-se”. O termo consta da informação que Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, prestou numa das últimas reuniões do seu executivo sobre o atraso que se estava a verificar na instalação da unidade industrial e que já ultrapassava os prazos inicialmente anunciados para a sua entrada em funcionamento.