Man. United acertou quatro vezes na baliza e Chelsea duas vezes nos postes

O United, sem se superiorizar, resolveu o jogo numa “rajada” de transições rápidas e, sobretudo, de eficácia: foram quatro golos em cinco remates à baliza.

Velocidade de Rashford e Martial fez a diferença
Foto
Velocidade de Rashford e Martial fez a diferença Reuters/JASON CAIRNDUFF

O Manchester United venceu o Chelsea, por 4-0, neste domingo, em jogo da primeira jornada da Liga inglesa. A equipa de Solskjaer entra no campeonato a golear, tal como os rivais Man. City e Liverpool.

Este jogo acabou por ter contornos algo bizarros, com o United, sem se superiorizar, a resolver o jogo numa “rajada” de transições rápidas e, sobretudo, de eficácia: foram quatro golos em cinco remates à baliza e uma partida que pode ser definida com acerto na rede, de um lado, e acerto nos postes, do outro.

O Chelsea começou a partida mais forte e dominador e o jovem Abraham atirou ao poste logo aos quatro minutos. Depois de o United ter equilibrado as forças, sobretudo com Pogba a pegar mais no jogo, Zouma abordou mal um lance com Martial e cometeu penálti. Rashford não falhou e deu vantagem a um United até aí pouco perigoso.

Antes do intervalo o Chelsea voltou a atirar ao poste, desta vez por Emerson, mas a tarde era dos eficazes: aos 65 minutos, Rashford conduziu em velocidade, Andreas Pereira cruzou e Martial “encostou”.

Dois minutos depois, o United voltou a explorar a profundidade: Pogba lançou longo para Rashford, que bisou no um contra um com Kepa.

O jogo ganhou contornos de goleada aos 81 minutos, quando Pogba saiu novamente em transição e serviu o jovem James, que finalizou perante Kepa.