Liverpool entra a golear na Premier League

Primeiro dia de Liga inglesa, primeira goleada. Campeão europeu desfaz o regressado Norwich.

Salah abriu a sua conta pessoal com um golo
Foto
Salah abriu a sua conta pessoal com um golo Reuters/CARL RECINE

O maior espectáculo de futebol está na Premier League inglesa e isso ficou provado logo ao primeiro dia da nova época, com o Liverpool a apresentar a sua candidatura ao título com uma goleada por 4-1, em Anfield, sobre o regressado Norwich City. Foi um início arrasador para a formação orientada por Jurgen Klopp que já tinha praticamente fechado o jogo antes da meia-hora. Mas nem tudo foram boas notícias para o campeão europeu, já que Alisson Becker saiu lesionado nos últimos minutos da primeira parte. Depois da goleada do Liverpool, tem a palavra o campeão Manchester City, que inicia a sua defesa do título neste sábado, em Londres, frente ao West Ham.

Depois da derrota por 1-0 frente ao City, na Charity Shield, o Liverpool fez questão de se redimir neste arranque de Premier League. Logo aos 7’, uma jogada individual de Origi pela esquerda provocou o erro de Hanley, que encaminhou a bola para a própria baliza e, aos 17’, foi Salah a abrir a sua conta de golos da época. Aos 28’, foi Virgil van Dijk a fazer o que costuma fazer na área adversária, um cabeceamento certeiro após um canto que deu o 3-0.

A lesão de Alisson aconteceu aos 36’, com o brasileiro a escorregar quando ia bater um pontapé de baliza – a baliza dos “reds” ficou entregue ao veterano espanhol Adrián Castillo, contratado neste defeso ao West Ham –, mas o Liverpool não sentiu a falta dele na baliza. Aos 41’, Origi fez o 4-0 após cruzamento de Alexander-Arnold – o avançado belga vai aproveitando as oportunidades que Klopp lhe dá enquanto Sadio Mané não está em forma.

Depois de atingir um resultado confortável, o Liverpool teve mais oportunidades de fazer crescer a goleada, mas foi o Norwich a conseguir “picar o ponto” neste seu regresso ao convívio dos grandes do futebol inglês, com o finlandês Teemo Puuki a fazer o 4-1 aos 64’.