O senhor que se segue no Urbanismo em Lisboa

Ricardo Veludo já era colaborador na área da habitação da autarquia e coordenava agora o programa Renda Acessível.

Foto
CML

Ricardo Veludo, 47 anos, coordenador da equipa de missão do Programa Lisboa Renda Acessível, apresentado pela Câmara de Lisboa desde 2016, assume agora o pelouro do Planeamento, Urbanismo, Património e Obras Municipais, substituindo Manuel Salgado no cargo.

O programa de ajuda à habitação da câmara prevê parcerias entre o município e o sector privado. Cabe à autarquia disponibilizar terrenos e edifícios na sua posse, enquanto os privados ficam com a missão de os construir e reabilitar. As rendas são aprovadas e fixadas pela câmara e as habitações atribuídas através de sorteio.

Fernando Nunes da Silva, antigo vereador da Mobilidade da Câmara de Lisboa, fala do novo vereador municipal como “um dos bons alunos de Engenharia do Território, na área do Planeamento e do Urbanismo” do Instituto Superior Técnico. Integrou, durante os últimos dois mandatos, o pelouro da Habitação na cidade.

Antes de herdar os pelouros de Manuel Salgado, foi colaborador directo na área do Urbanismo e Transporte, durante o mandato de Nunes da Silva, entre 2009 e 2013.

 O também professor no Departamento de Engenharia Civil do Instituto Superior Técnico fala de Veludo como “alguém que conhece bem os meandros do imobiliário” e que está “particularmente habilitado para impedir que o planeamento urbano e a legislação sejam trapaceados”.

Sobre o cargo que Ricardo Veludo assume agora Nunes da Silva afirma que o novo vereador do Urbanismo em Lisboa “herda uma pesada herança”.  “Ninguém chega a estes lugares sem assumir alguns compromissos”, frisa. O ex-vereador espera que esta “mudança corresponda a um virar de página no urbanismo da cidade de Lisboa”.

Sugerir correcção