Venda de passes da Área Metropolitana de Lisboa ainda não parou de crescer

Entre Abril e Junho, foram vendidos um milhão e 824 mil passes na área metropolitana de Lisboa. Modalidade de passe para todos os municípios foi o mais vendido desde a entrada em vigor da nova tarifa.

,Ônibus
Foto
Em Junho, venderam-se mais dez mil passes do que no mês anterior guilherme marques

O balanço dos primeiros três meses após as alterações ao sistema de passes nos transportes públicos da Área Metropolitana de Lisboa (AML) revela um aumento significativo e continuado do número de passageiros. Nos últimos três meses – desde a implementação a 1 de Abril – foram vendidos um milhão e 824 mil passes Navegante, até ao final de Junho. Este é um número que, segundo a nota enviada à comunicação social pela AML, revela uma “grande adesão” ao novo sistema tarifário em vigor.

Apesar dos dados revelados serem ainda provisórios, a AML refere que os valores “confirmam um resultado muito positivo, considerando os passageiros com mais de 12 anos”. Em Abril, foram vendidos cerca de 554 mil passes Navegante. A venda do passe metropolitano (permitir utilizar todos os serviços de transporte público regular de passageiros, em todos os 18 municípios da área metropolitana de Lisboa.) e o navegante +65 representaram 70% das vendas totais. Estes números, de acordo com a AML, revelam que a “larga maioria dos utentes dos transportes públicos fazem deslocações de âmbito intermunicipal e que os novos passes vieram responder e reforçar a dinâmica metropolitana da AML”.

Em Maio, foram vendidos mais de 630 mil passes, um aumento de 14% relativamente ao mês anterior. O Navegante Metropolitano, juntamente com a modalidade para maiores de 65 anos, representaram 78% das vendas. Em Junho, por sua vez, as vendas continuaram a aumentar. Neste último mês foram vendidos 640 mil ingressos mensais, sendo que as modalidades para deslocações em todos os municípios da AML e para maiores de 65 anos corresponderam a 81% das vendas.

Foi ainda registada a venda de 59 mil passes Navegante 12 nestes três meses, que permite a utilização gratuita dos transportes para todas as crianças até aos 12 anos de idade (inclusive), isto é, até ao último dia do mês em que a criança faz 13 anos.

A venda de cartões Lisboa Viva, em Março, (através do qual se pode efectuar o carregamento dos passes navegante) registou um aumento de 45% em relação ao período homólogo. Em Abril, Maio e Junho, os valores aumentaram para 180%, 147% e 97%, respectivamente. No entender da AML, esta tendência demonstrou que existem “cada vez mais utilizadores frequentes do serviço público de transportes de passageiros”.