Opinião

Não TAP os olhos: o “rei” Neeleman vai nu!

O Governo, ao dar um passo importante no sentido de travar a alienação da TAP e a sua possível dissolução, afinal, mais não fez do que uma operação de cosmética, deixando que Neeleman continue a usar a nossa companhia para servir os seus interesses e ambições pessoais.

O cidadão americano-brasileiro e agora cipriota David Neeleman, numa entrevista recente à SIC Notícias e dias depois ao Expresso (entrevista que mais não é do que um panegírico à sua personalidade, sem que lhe seja feita qualquer pergunta incómoda), assume-se como o rei da TAP, na qualidade de maior accionista, que nenhum dos jornalistas lhe contesta. Mas é fácil demonstrar, tal como a criança do conto de Hans Christian Andersen, que “o rei vai nu”!