Mais de um quarto dos alunos com chumbos não tem tutorias

Quase 10% das famílias não autorizaram os filhos a integrar o programa, criado há dois anos pelo Governo. Algumas escolas continuam a enviar estes alunos para respostas como os Cursos de Educação e Formação.

Foto
Jornal Publico

O programa de tutorias para alunos que tenham dois ou mais “chumbos”, que foi criado pelo Governo há dois anos, continua a não ser capaz de integrar uma parte do público ao qual se destina. De acordo com uma análise da Inspecção-Geral da Educação e Ciência (IGEC), feita no ano lectivo 2017/18 e que é agora publicada, não foram abrangidos 26,1% dos estudantes que estavam em condições de ter este apoio. Em muitos casos, são as próprias famílias que não autorizam a participação dos seus educandos, mas há também escolas que preferem encaminhar os jovens para outro tipo de respostas.