Megadeth cancelam digressão devido a cancro de Dave Mustaine

Prognóstico é favorável mas banda não dará concertos em 2019.

Baixo
Fotogaleria
Dave Mustaine em palco em Portugal em 2007 Paulo Pimenta
,Gregory Porter
Fotogaleria
Os Megadeth na entrega do Grammy em 2017 Mike Blake/Reuters

O vocalista e guitarrista dos Megadeth, Dave Mustaine, está a ser sujeito a tratamentos após lhe ter sido diagnosticado cancro da garganta, o que vai obrigar ao cancelamento da maior parte da digressão da banda em 2019, anunciou esta terça-feira o músico.

Na sua conta na rede social Twitter, Mustaine, de 57 anos, explica que o seu prognóstico é bastante favorável e que só o Megacruise, o seu cruzeiro temático, não deve ser afectado pela paragem forçada pela doença. “Diagnosticaram-me cancro da garganta. É claramente algo a respeitar e a ser enfrentado de forma directa – mas já enfrentei outros obstáculos na vida. Estou a trabalhar de perto com os meus médicos e estabelecemos um plano de tratamentos que eles acreditam ter uma taxa de sucesso de 90%. O tratamento já começou”, escreveu o vocalista e guitarrista.

Na mesma nota, que também foi publicada na página oficial da banda de thrash metal norte-americana, Mustaine reconhece que o problema de saúde obrigará ao cancelamento “da maior parte dos concertos deste ano. O Megacruise 2019 acontecerá, e a banda participará nele de alguma forma”.

Apesar da paragem, a banda continua a trabalhar em material novo que sucederá ao álbum Dystopia (2016) – cujo single homónimo recebeu o Grammy de Melhor Actuação de Metal em 2017. Os Grammys já tinham nomeado mais de uma dezena de vezes a banda nascida da saída forçada de Mustaine dos Metallica em 1983, mas esta foi a sua primeira vitória. Dave Mustaine foi o guitarrista principal dos Metallica, mas entrou em ruptura com o baterista Lars Ulrich e o guitarrista e vocalista James Hetfield devido aos consumos de álcool e drogas do primeiro.  

Os Megadeth viriam a formar com os Metallica, os Anthrax e os Slayer os chamados “big four” do thrash metal. Scott Ian, dos Anthrax, foi um dos músicos a enviar melhoras a Mustaine através das redes sociais após o anúncio da sua doença.