Casillas vai deixar os relvados? Guarda-redes pede calma

Após notícias que apontavam para a transição do espanhol para a estrutura dos “dragões”, Iker relembra, no Twitter, palavras proferidas após ter deixado o hospital.

Casillas à saída do hospital
Foto
Casillas à saída do hospital LUSA/RUI FARINHA

Iker Casillas reagiu, na manhã desta quinta-feira, às notícias que apontavam como certa a transição do guarda-redes para a estrutura do FC Porto, que implicaria um ponto final do espanhol na carreira.

A hipótese de uma eventual ponto final na carreira foi avançada em primeira mão pelo jornal O JOGO que, não identificando fontes, deu como certo que Pinto da Costa, presidente dos “dragões”, tinha endereçado ao guardião um convite para que o futuro deste passasse pelo clube. O diário adiantou, ainda, que o guarda-redes teria respondido afirmativamente a esse convite, não especificando porém qual seria o cargo que iria assumir na estrutura dos “azuis e brancos”. 

Remetendo para uma publicação realizada após ter saído do hospital, o jogador do FC Porto confirmou que será reavaliado pela equipa médica esta sexta-feira. Em Maio, Casillas tinha escrito que chegaria o dia em que teria de abandonar aos relvados, pedindo a todos que o deixassem tomar — e anunciar — essa decisão no momento certo.

A 1 de Maio, Iker Casillas foi levado de urgência para o hospital, depois de se ter sentido mal num treino. O guarda-redes sofreu um enfarte agudo do miocárdio, não voltando a jogar pelos “azuis e brancos” os restantes jogos da temporada 2018-19.