Escola e comida por 100 euros. Portugueses fizeram mais de dois mil apadrinhamentos

É em Moçambique que actua a maioria das organizações não governamentais que têm por objectivo “quebrar o ciclo da pobreza através da educação”.

Foto
Bárbara Naive com crianças moçambicanas: “Ao apadrinhar uma criança, estamos a apadrinhar uma família” DR

Só nos primeiros três meses deste ano, os portugueses participaram em 2121 acções de apadrinhamento de crianças estrangeiras através de Organizações Não-Governamentais para o Desenvolvimento (ONGD) – mais 141 em relação período homólogo de 2018. Em 2017, o total registado era de 1924 apadrinhamentos.