Juventus confirma que quis manter Allegri, mas mudou de ideias

Massimiliano Allegri foi parco em palavras, mas confirmou que a decisão do fim do vínculo partiu da Juventus.

Allegri conquistou cinco vezes a Série A.
Foto
Allegri conquistou cinco vezes a Série A. Reuters/Massimo Pinca

“Após a derrota com o Ajax [quartos-de-final da Liga dos Campeões], pensei, sinceramente, continuar com Max [Allegri]”. As palavras são de Andrea Agnelli, presidente da Juventus, que, neste sábado, explicou a mudança de ideias e consequente decisão de despedir o treinador que deu cinco campeonatos à “Juve".

“Somos todos úteis, mas ninguém é indispensável. A história do clube é sempre maior do que a história de qualquer individualidade”, acrescentou.

Já Massimiliano Allegri foi parco em palavras, mas confirmou que a decisão do fim do vínculo partiu da Juventus.

“Conversámos, discutimos e todos deram a sua opinião sobre o futuro e sobre o que é necessário para a ‘Juve’. O clube decidiu que o melhor é que eu não seja mais o seu treinador”, disse o técnico, que falou numa conferência de imprensa realizada na presença de todos os jogadores da equipa.

Allegri, de 51 anos, disse encarar com “naturalidade” e “tranquilidade” este momento, mas não adiantou pormenores sobre o futuro.