Crítica

Escrever é difícil? Para Patti Smith, é como “domar um potro teimoso”

Em Devoção, Patti Smith deixa a sua marca na literatura sobre escrita como testemunha — mais uma — da dificuldade que é escrever.

Show
Foto
enric vives-rubio/arquivo

Quem mergulhe em Devoção, de Patti Smith, que a Quetzal acaba de publicar em português, a pensar na sinopse da contracapa, poderá sentir-se enganado. A nota informa que o livro é sobre “o processo criativo”, “a escrita” e “a razão pela qual escrevemos”.